• Ana Palombo

Eu achava que todo texto tinha que ter um fim

Atualizado: Ago 31




Eu aprendi assim: o texto tem que ter uma ideia central, introdução que prenda a atenção, argumentos firmes e terminar com uma reflexão eloquente ou até uma piada cult


Essa foi a fórmula que me fez criar muitos textos legais guardados em sites , cadernos ou na caixa em cima do armário. Porém, ainda que essa fórmula tenha me garantido textos lindos em páginas do diário, também me fez perder a vontade de escrever.


Texto bonito hoje não, tá?


No último ano tive um bloqueio sério na criação de textos. Sempre que surgia uma nova ideia, ficava empolgada e tentava a todo custo não esquecer até chegar perto de um bloco de notas. Só que a ideia nunca chegava tão longe, tadinha. 


Tão rápido quanto vinha, a empolgação logo ia embora. Parecia que a ideia do texto ia embora pois era só uma reflexão simples, "coisa pouca" sabe? Ela veio sozinha, não tinha os outros elementos para compor e chamar de texto. Então pra quê gastar meu tempo com isso? Por que compartilhar algo tão bobo?


Só que a gente sabe que não deve pensar assim. 


Então isso me frustrava muito e me fazia ver o quanto eu sentia falta de brincar com essas ideias.


O que será que aconteceu que do nada escrever ficou tão difícil? Às vezes parecia que eu só encontrava a ideia central, mas a introdução, argumentação e todos os outros elementos do texto não chegavam até mim porque eu não merecia. Por estar a tanto tempo longe da página em branco, era como se merecesse o castigo de só ter ideias incompletas. 


Eu me culpava por não liberar tempo na minha rotina para criar textos. E me sentia castigada pelos deuses da escrita por não fazê-lo.


U-au. Fui longe.


O céu começa a 1 cm do chão.


A gente acredita em cada coisa quando a imaginação é nossa melhor amiga, né? 


Sim! E é disso que tenho saudade! 


Sinto falta desses comentários sem noção e comparações que só existem na ponta dos dedos.


Ainda bem que hoje superei essa maldição. Finalmente entendi o que aconteceu.


Me culpava por não conseguir criar textos lindos e complexos mas nesse meio tempo eu esqueci porque criava textos: eu crio textos porque gosto de escrever. Não gosto necessariamente do texto pronto, eu só gosto muito de escrever. 


Essa coisa mágica de soltar palavras em uma folha em branco me fascina. E quando dessa experiência saem ideias complexas e textos lindos, melhor ainda!


Essa simples reflexão me fez encarar essa página aqui hoje. Me fez ver que tá tudo bem ter um texto desabafo, um texto sem nexo e até não terminar a fr…


Não é sobre criar o texto perfeito. É sobre compartilhar idéias, sobre contar histórias, é sobre as aventuras da escrita e não sobre o parágrafo final.


Que saudade que eu estava de você, escrita. :)

14 visualizações

© 2020 por Palombina.

  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon
  • Branca Ícone Pinterest