• Ana Palombo

Marketing de Conteúdo: por que ter um blog em 2019?

Em pleno 2019, com mil Redes Sociais para cuidar, uma casa pra limpar, um cachorro para alimentar, sonhos pra correr atrás... e eu ainda mantenho um blog. Se você ficou pasmo com essa informação, então vem cá que quero te falar sobre Marketing de Conteúdo.


Meu blog, minha vida


Não tem como explicar tudo sem começar nos primórdios da vida online. Lá no tempo que a internet discada dominava as linhas telefônicas, eu e minha amiga decidimos começar um blog. Naquela época o conteúdo se baseava na nossa vida, portanto, as palavras saíam como um desabafo entorpecedor. No fim do texto, a única certeza era que estávamos bem o suficiente para encarar a escola no dia a seguinte.


Depois de um tempo infelizmente paramos com essa sociedade, mas minha inquietação pela escrita online não parou. Fiz um blog sozinha dali um tempo e o mantive. Entre idas e vindas do tempo, comecei a encará-lo com um pouco mais de seriedade quando estava no começo da faculdade. Precisava de um jeito de dispersar da teoria acadêmica e me encontrei novamente nos meus assuntos preferidos: livros, fotografia e ainda o meu desabafo mascarado em textos aleatórios do cotidiano.


Compartilhar é um vício


Mas foi quando a Palombina surgiu que a vontade de escrever sobre esses assuntos fez sentido.


Percebi que o que eu escrevia antes não eram apenas desabafos ou opiniões soltas. Eu gostava tanto de determinados assuntos que estudava sobre eles, pesquisava e tinha sim conhecimento sobre eles. Então por que não contar para os outros o que eu sabia? Tudo o que vi, li, e ouvi por aí poderia fazer sentido para mais alguém.

Foi o que fiz. Meu interesse era uma caixinha que ia se enchendo de conhecimento. Leituras, notícias, artigos e o que mais a internet tinha pra me dar, eu aceitava. Quando essa caixinha estava transbordando de tanta informação, eu compartilhava com os outros.


Sem querer, estava criando uma base sólida para o Google me encontrar. E foi assim que um simples blog ganhou mais visualizações que qualquer outro site que já criei.


Ah, SEO te pego!


Se bobear, o meu antigo blog ainda gera mais visualizações do que a Palombina. Isso porque eu criei, durante um bom tempo, conteúdo relevante que as pessoas gostavam e se interessavam. Além de falar de certos assuntos que outros sites brasileiros não falavam, o que gerava ainda mais acessos por certas palavras-chave.

Na época eu não sabia, mas tudo o que estava fazendo era aplicar corretamente todas as regras de SEO do Google.


Qualquer página publicada na internet, se torna visível para os buscadores como o Google. Logo, ela pode ser encontrada por uma simples pesquisa. No entanto, o que garante que a pesquisa vai encontrar o resultado correto no meio de TANTAS opções? O SEO!


O tal SEO significa Search Engine Optimization. Um jeito bonito de nomear um conjunto de técnicas que influenciam os algoritmos dos buscadores para que eles definam quais páginas são mais relevantes para aparecer primeiro na lista dos resultados de pesquisa de determinada palavra-chave.


Basicamente, dentro de uma grande cesta de maçãs, o SEO ajuda a identificar as melhores frutas que as pessoas costumam escolher.


O Google e sua gangue


É claro que estou simplificando bastante um assunto bem complexo. Mas o ponto é que ter um blog e gerar conteúdo é bem visto pelos buscadores.


Imagine o Google e seus comparsas buscadores como parte de uma gangue. Eles ganham dinheiro com esse trabalho de pesquisa de palavras-chave. Portanto, se sua marca gera uma maior quantidade de conteúdo online, então está gerando cada vez mais matéria-prima para a Googangle. Eles lucram mais com seu conteúdo (se ele for de qualidade e agradar o seu público) e em troca te colocam cada vez mais alto no ranking das pesquisas.


Por isso que o blog ainda é uma ótima estratégia de Marketing de Conteúdo.


Blog + Marketing de Conteúdo = Match!


Não temos como falar de SEO sem falar de Marketing, então vamos retomar uma coisa importante: quem acredita que o Marketing tem apenas como o objetivo vender algo está enganado. Não se trata apenas do lucro, mas de gerar valor.


O Marketing é uma série de estratégias, técnicas e práticas que tem o principal objetivo de agregar valor à determinadas marcas ou produtos a fim de atribuir uma maior importância das mesmas para um certo público-alvo, os consumidores. Dessa forma, você não apenas amenta o valor e o engajamento do público com sua marca, mas também realiza uma estratégia de maior visibilidade e diminuição de gastos com outras ações de marketing.


E por falar em custos... você sabia que o Marketing de conteúdo é a estratégia que é até 62% mais barata e até 3x mais efetiva que os meios de marketing tradicionais? E não é magia negra não.


O Marketing de Conteúdo é uma estratégia de atração de clientes através de conteúdo relevante e valioso.


Ou seja, o conteúdo pode ser a resposta que você procurava para se alavancar no mercado.


Esses dados que a Rock Content traz só me fazem perceber que o marketing de conteúdo não apenas faz sentido pelos números, como também é a solução para criar a originalidade da sua marca online.


Por isso ainda tenho um blog


Se não fosse pelo blog, a Palombina não teria surgido. Se não fosse pelos posts, talvez não ganharia espaço. E se não fosse pelo conteúdo, talvez não ganhasse visibilidade para legitimar seus serviços de Marketing.


Então não pense que sua marca não tem voz, que você não tem credibilidade ou que sua história não importa. O seu conhecimento, por pequeno ou específico que seja, pode ser compartilhado para outras pessoas. E na interpretação de outros pode se tornar um conteúdo relevante e transformador.


Não subestime o poder de um blog, mesmo em pleno 2019.


*Esse texto foi originalmente publicado no meu blog pessoal, em 8 de janeiro de 2019.

13 visualizações